zombies1

Povoado no norte da Inglaterra temia que mortos saíssem das sepulturas, a exemplo de Game of Thrones

Wharram Percy, um vilarejo medieval do norte da Inglaterra abandonado desde o século XVI, pareceria um cenário perfeito para um romance gótico povoado por fantasmas. Mas uma descoberta sinistra anunciada nesta segunda feira pelo The Journal of Archeological Science o aproxima bem mais do terror de tipo gore. Uma equipe de especialistas estudou 137 ossos que pertenceram a cerca de dez pessoas mortas ali entre os séculos XI e XIV e descobriu que eles foram queimados e desmembrados antes de ser enterrados.

zumbis

A hipótese com que trabalham os pesquisadores da Universidade de Southampton, em colaboração com a agência do patrimônio inglês, Historic England, é de que, por algum motivo, os camponeses temiam que, se não tomasse medidas drásticas, os mortos saíssem de suas sepulturas como as criaturas que vivem do outro lado do muro em Game of Thrones.

zumbi3

O título escolhido pelo jornal local Yorkshire Post para noticiar o achado não poderia ser mais ilustrativo: “Quando os camponeses de Yorkshire mutilavam os mortos para evitar que se levantassem”. Basicamente, é nisso que acreditam os historiadores. Não é a primeira vez que arqueólogos se deparam com uma descoberta como essa –há dois anos, foram encontrados na Irlanda dois corpos que haviam sofrido todo tipo de suplícios depois de mortos–, mas, até agora, não se conseguira documentar o fato com tanta precisão.

Deixe uma resposta

Fechar Menu