O grupo Ordo Draconnis Belli se encontra toda semana para encenar batalhas campais em São Paulo. Novos membros são analisados com rigor e menores de 18 não entram

e, por um acaso, você estiver andando de metrô e der de cara com um jovem usando armadura e munido de espada, não se preocupe, o inverno não está chegando. Ele deve ser membro da Ordo Draconnis Belli, grupo de entusiastas de combates medievais.

 

O grupo surgiu há cerca de dois anos e meio, quando sete amigos, entre eles Marina BaldovinoIgor Landini e Tyrfang, resolveram montar uma equipe para recriar batalhas mitológicas pelo fato de gostarem da Idade Média.

Porém, antes de efetivamente empunhar espadas e machados, esses guerreiros mitológicos se armaram, inicialmente, de instrumentos tão poderosos quanto os feitos de aço: os livros. Para recriar as demonstrações da forma mais fiel possível, os membros do grupo mergulharam em uma pesquisa sobre técnicas e golpes usados na época.

Os encontros se dão no Parque da Juventude, na Zona Norte de São Paulo. “Tem a parte física, a técnica e a de batalha mesmo”, conta Tyrfang. E se você acha que essa rotina de exercícios é moleza, o historiador garante que é preciso ter fôlego.

Deixe uma resposta

Fechar Menu